sábado, novembro 25, 2017

0

A origem do Carnaval de Veneza e suas Máscaras


A origem do Carnaval de Veneza remonta ao governo do doge Vitale Faleir (1084 – 1096), que o instituiu oficialmente através de um decreto datado de 1094. A palavra tem origem na expressão latina carnis laxatio, cujo significado é “abandono da carne”. Originalmente, o vocábulo teria sido associado a um comportamento casto dos penitentes no início da Quaresma, como uma espécie de purificação antes dos ritos Pascais.

sexta-feira, novembro 10, 2017

0

Catedral Kazan - Moscovo, Rússia


Esta pequena catedral é uma réplica da original, demolida em 1936. A sua antecessora foi consagrada em 1637 e continha o ícone da Virgem Kazan. Este ícone era venerado por ter acompanhado o príncipe Dmitriy Pozharskiy durante a sua campanha vitoriosa contra os invasores polacos. Fotografias e plantas pormenorizadas, preservadas pelo arquitecto Pyotr Baranovskiy, serviram para a reconstrução da catedral em 1990-93. Foi novamente consagrada pelo patriarca Aleksey II na presença do presidente Boris Yeltsin e do presidente da Câmara de Moscovo. O ícone da Virgem Kazan que está na catedral é uma cópia, pois o original foi roubado em 1904.

quinta-feira, setembro 21, 2017

0

O Dia dos Mortos, México

Imagem: Shutterstock

A fiesta mais característica do México é o Dia de Los Muertos onde, de acordo com a crença popular os mortos têm permissão divina para visitar os amigos e os familiares na Terra uma vez por ano – em geral, acredita-se que os espíritos das crianças chegam a 1 de novembro e os adultos a 2 de novembro. No dia 2, os mortos partem até ao ano seguinte.

domingo, setembro 10, 2017

0

As Maravilhas de Angkor I - Angkor Wat

No conjunto dos santuários de Angkor, uma das grandes preciosidades da Humanidade, Angkor Wat é o crème de la crème. Se a região fosse um livro, este seria o primeiro capítulo. Para além de ser o mais bem conservado de todos, o templo é arquitectonicamente tão impressionante que se tornou um verdadeiro símbolo do Cambodja, constando não só da bandeira, mas também de todo e qualquer itinerário turístico que se preze.

quinta-feira, julho 13, 2017

0

Mývatn, Islândia

Região de Mývatn
Fonte: Guide to Iceland

A área que envolve o lago de Mývatn (pronuncia-se mee-vaht) é considerada como, talvez, a mais bonita, mas também, a mais catastrófica de toda a Islândia. Isto porque (e começando pelo fim) nesta zona encontramos autênticos espectáculos do fogo da Islândia. As pseudo-crateras de Skutusstadir e as construções de basalto e magma petrificados de Dimmuborgir (onde se tem a certeza de que habitam elfos) contribuem para um cenário teatral e magnífico.

sexta-feira, junho 23, 2017

0

Praia da Jalé, São Tomé e Príncipe: um santuário ecológico

É preciso percorrer um longo e penoso caminho em terra batida até chegar à belíssima Praia da Jalé mas, quando finalmente se alcança este local onde as tartarugas escolhem desovar, é fácil compreender por que é que é difícil lá chegar; afinal de contas, não se encontra o paraíso facilmente.

Tartaruga
Fonte: ATM

Encontramos o Jalé Ecolodge perto do Parque Natural Obô de São Tomé, próximo à linha imaginária do equador, numa área que integra vários ecossistemas.

quinta-feira, junho 22, 2017

0

As roças de São Tomé e Príncipe

As roças de São Tomé e Príncipe assumiram-se como as bases da economia das ilhas até à sua independência, em 1975.

A palavra “roça” é usada para referir a estrutura de exploração do cacau e do café mas, não só; é também símbolo do modelo de expansão e penetração no território dessa estrutura.

Cacau

sexta-feira, junho 16, 2017

0

Guia de boas práticas na cultura japonesa

Gueixa

O Japão é dos países que mais marcam aqueles que o visitam e que permanece na memória como um dos lugares a voltar a visitar. É impossível ver tudo numa só viagem mas não é impossível ser contagiado por toda a magia que envolve este distinto país. A forma de ser, de estar, de encarar a vida dos japoneses é incomparável.

Apesar de ser agora mais fácil alcançar lugares como o Japão, ainda não é clara a forma como conseguiremos adaptar-nos ao país. O comportamento do povo japonês é muito diferente do português e há que ter em conta determinados costumes e atitudes para facilitar a comunicação e a nossa integração no país.

Portanto… como é que nos devemos comportar?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...