domingo, novembro 27, 2016

0

Carnavais do Mundo - Cinco Carnavais para além de Veneza e Rio

1. Carnaval de Oruro, Bolívia

(Obra-prima do Património Oral e Imaterial da Humanidade)


O ponto alto deste Carnaval é a entrada, altura em que dezenas de milhares de dançarinos e de músicos encetam uma procissão que dura 20 horas – das 7 da manhã até à madrugada seguinte.
A dança que ninguém esquece é a diablada, protagonizada por diabos que invocam a satânica divindade do subsolo, Supay. A partir do momento em que se elegeu a Virgen del Socavón como Santa Padroeira das minas e deste Carnaval, os mineiros, temendo a inveja de Supay, acharam por bem prestar-lhe homenagem em todos os festivais.
Durante o festival, a audiência vai-se abastecendo com a forte cerveja boliviana e com a chicha, potente bebida feita de cereais fermentados.

segunda-feira, outubro 10, 2016

0

Ilhas Galápagos - Equador, América do Sul

Não são as palmeiras nem as praias que atraem visitantes às Ilhas Galápagos, mas sim a oportunidade única de ver de perto as espécies que ajudaram a inspirar a teoria da evolução de Darwin.

As Galápagos são ilhas feias e até esquisitas, compostas por rocha vulcânica preta com uma fina cobertura de vegetação. Não existem muitas praias maravilhosas nem boas para nadar ou surfar, e certamente não oferecem pratos nem vinhos excecionais. Contudo, não precisam de entrar em concursos de beleza, pois possuem um bem tremendo: são verdadeiros laboratórios naturais, onde se pode observar a evolução em ação.

quarta-feira, outubro 05, 2016

0

As Maravilhas de Angkor IX - Artisans d’Angkor



Depois de se aventurar nos templos de Angkor, aconselhamo-lo(a) a dirigir-se ao centro de Siem Reap: lá, junto ao antigo mercado, há um estabelecimento onde as artes e as técnicas artesanais da cultura Khmer permanecem bem vivas. Mas não pense que se vai ter de limitar a observar os seus 1300 funcionários em acção. Não, a melhor parte é que será acompanhado num workshop livre e gratuito, ministrado num de sete idiomas, sobre a produção de seda, a gravação em pedra e em madeira, pintura, envernizamento e muito mais.

O objectivo da associação Artisans d’Angkor não é apenas recuperar as artes manuais de outrora, mas também melhorar a qualidade de vida dos habitantes das zonas rurais em torno de Angkor. A perícia dos cambojanos e dos viajantes está bem patente numa das salas deste estabelecimento, em que se expõem centenas de peças produzidas durante os workshops, algumas de estilo antigo e outras de estilo mais contemporâneo.

terça-feira, outubro 04, 2016

0

As Maravilhas de Angkor VIII - Banteay Kdei

Sejamos honestos: quando comparado com a monumentalidade de Angkor Wat, os sorridentes rostos do Templo Bayon ou o estado selvagem de Ta Prohm, Banteay Kdei não parece passar de um adereço de Angkor. Mas a verdade é que este templo, cujo nome significa “cidadela das celas dos monges”, é dedicado a Buda (pensam muitos, apesar de nunca de se ter encontrado a estela de fundação), completando a trilogia de templos mandados construir pelo rei Jayavarman VII em homenagem a Prajnaparamita, Lokeshvara e Buda.

segunda-feira, outubro 03, 2016

0

As Maravilhas de Angkor VII - Templo de Phnom Bakheng


Uma das melhores partes da experiência angkoriana é subir o conjunto de escadas em pedra do lado oriental de Phnom Bakheng (ou, se preferir uma solução mais confortável, no dorso de um elefante pelo lado sul) até ao cume deste templo-montanha. É que, daqui, é possível desfrutar de uma vista soberba sobre Angkor, os seus templos e as suas torres, que adquirem um tom celestial e ainda mais belo com a chegada do pôr-do-sol.

domingo, outubro 02, 2016

0

As Maravilhas de Angkor VI - Terraço dos Elefantes


Tal como uma flecha atravessada no coração de Angkor Thom, o Terraço dos Elefantes estende-se ao longo de mais de 300 metros e as suas paredes chegam a atingir os quatro metros de altura. Desta imensa plataforma, que servia como um balcão adjacente ao palácio real, Jayavarman VII costumava assistir à chegada do seu exército, a jogos e a muitas outras cerimónias sentado numa possante flor de lótus. No chão, ainda se reconhecem os buracos nos quais se fixava a tenda que protegia o rei do sol.

sábado, outubro 01, 2016

0

As Maravilhas de Angkor V - Terraço do Rei Leper

No centro deste terraço angkoriano, está instalada a estátua que é um dos maiores mistérios da região. Não há quem tenha certezas acerca da sua natureza, se humana, divina ou um pouco de ambas. Nem tampouco se sabe se o nome que a figura adoptou, Rei Leproso, tem alguma ligação à realidade do império khmer ou não. Mas o que é certo é que esta relíquia inspira académicos em todo o mundo e não deixa nenhum visitante de Angkor indiferente.

quinta-feira, setembro 29, 2016

0

Wadowice - a cidade Natal de João Paulo II, Polónia

Os peregrinos do mundo inteiro que desejam viajar para a Polónia não podem ignorar Wadowice, uma pequena cidade situada a 50 km da Cracóvia. A cidade de Wadowice é reconhecida mundialmente por ser o lugar onde nasceu o papa João Paulo II.

O primeiro ponto de visita será, sem dúvida nenhuma, a antiga casa do papa João Paulo II. Karol e Emilia Wojtyla (os seus pais) instalaram-se nesse prédio, que ficava na rua Rynek 2, em 1919. Foi aí que nasceu, no dia 18 de Maio de 1920, Karol Wojtyla Júnior (o futuro João Paulo II). Em 1929, morreu aí Emilia e, em 1932, Edmund, o irmão mais velho do papa. Karol Wojtyla Sénior ocupou o apartamento, juntamente com o seu filho, até 1938, ano que este acabou o ensino secundário no Colégio Masculino. Depois de ter recebido o diploma de maturidade, Karol Wojtyla Júnior partiu com o seu pai para Cracóvia, para lá viver.
No dia 16 de Outubro de 1978, o cardeal Wojtyla, originário de Wadowice, foi eleito papa da Igreja Católica e escolheu o nome de João Paulo II.

No dia 18 de Maio de 1984, no prédio onde nasceu o papa João Paulo II, abriu-se um museu dedicado à sua vida em Wadowice. Na altura, o museu ocupava só o antigo apartamento do papa, mas depois estendeu-se a todo o primeiro andar. Dentro do museu pode-se observar uma exposição que apresenta tudo sobre a vida do papa no prédio situado na rua Rynek 2 (actualmente rua Koscielna 7). Na exposição encontram-se não só os objectos do dia-a-dia dos anos 20 do século passado, mas também fotografias, documentos e diplomas de Karol Wojtyla e da sua família. 
Há também inúmeras recordações dos tempos em que Karol Wojtyla foi padre, bispo, arcebispo, cardeal e depois papa.

sexta-feira, setembro 23, 2016

0

As Maravilhas de Angkor IV - Banteay Srei

Angkor Wat, Banteay Srei, Cambodja

Não foi por acaso que este singelo templo situado cerca de trinta quilómetros a norte de Angkor adoptou, nos tempos modernos, a designação de Banteay Srei. A expressão significa “cidadela das mulheres” e foi a melhor maneira que os habitantes locais encontraram de fazer alusão às deusas que exibem as suas belas formas nas gravações do templo. São exactamente gravações como essas que, de tamanha perfeição e refinamento, tornam Banteay Srei um exemplar único e altamente adorado no acervo de templos de Angkor.

terça-feira, setembro 20, 2016

0

As Maravilhas de Angkor III - Templo Bayon


Templo Bayon
O Templo Bayon, localizado bem no centro de Angkor Thom, partilha com Angkor Wat o título de “maravilha suprema” da região. Nunca se chegou a uma decisão sobre qual deles o mais belo e fascinante e é por esse motivo que ambos são paragens obrigatórias em qualquer visita a Angkor. Contudo, o Templo Bayon possui uma mais-valia que o coloca na dianteira: dezenas e dezenas de rostos de pedra, simpáticos e sorridentes, cravados na grande maioria das suas 37 torres. Que melhores anfitriões poderia haver para dar as boas-vindas aos visitantes?

segunda-feira, setembro 19, 2016

0

As Maravilhas de Angkor II - Ta Prohm

Angkor II - Ta Prohm
Quem tem o privilégio de visitar Ta Prohm sente a mesma adrenalina dos exploradores que, em meados do século XIX, penetraram em Angkor pela primeira vez. É que este santuário possui a particularidade de, uma vez descoberto, não ter sido retocado nem propriamente preparado para receber a massa de turistas que se adivinhava. Permanece, em vez disso, envolvido em raízes de árvores que crescem das suas paredes, das suas torres, dos seus corredores e lhe outorgam uma atmosfera que hoje só conhecemos dos filmes aventureiros de Indiana Jones.

sexta-feira, agosto 05, 2016

0

Catedral de Santo Estêvão (Stephansdom), Viena, Áustria

A Catedral de Santo Estêvão, o famoso monumento de Viena de Áustria, esconde mais segredos do que aparenta. Por exemplo: sabia que, segundo as histórias mais antigas, o homem encarregue da construção da Torre Norte quebrou um pacto com o Diabo, teve como paga uma queda fatal e que é por esse motivo que a torre ficou eternamente inacabada? Provavelmente não. E sabia que o emblemático Pummerin, o maior e mais pesado sino da Áustria, com 21 toneladas, foi fundido a partir dos canhões dos Turcos, quando estes abandonaram Viena? Pelos vistos, uma visita vale sempre a pena e é sempre altura de descobrir algo novo…

terça-feira, março 08, 2016

0

Potsdam e a sua Residência, Alemanha

Localizada nas margens de um lago do Havel, a cerca de 20 quilómetros de Berlim, costumava ser conhecida como a Versalhes da Prússia, uma vez que lá se fixou, em meados do século XVIII, a corte dos reis prussianos. Potsdam não passava, no início, de uma aldeia eslava de pescadores que, em 993, foi comprada pelo abade de Quedlimburgo, mas, no século XIV, já se tinha tornado uma cidade de certa importância.

quinta-feira, março 03, 2016

0

Lago Baikal, a pérola da Sibéria - Rússia

Lago Baikal, Rússia
Situado no Sul da Sibéria, entre Oblast de Irkutsk a noroeste e Buryatia a sudeste, o lago Baikal é o lago dos superlativos.

Com 636 km de comprimento e 80 km de largura, é o maior lago de água doce da Ásia, o maior em volume de água do mundo, um dos mais antigos lagos da história geológica (25 a 30 milhões de anos) e o mais profundo da terra, com 1680 metros de profundidade, sendo responsável por 20% da água doce líquida do planeta.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...