domingo, junho 07, 2015

0

“Cemitério Alegre” de Sapanta, Roménia



Localizado na região de Sapanta, próximo da fronteira com a Ucrânia, encontra-se um dos lugares mais inusitados da Roménia: o cemitério “mais alegre” do mundo.

O Cimitirului Vesel (ou Cemitério Alegre) é um cemitério como qualquer outro, excepto numa pequena particularidade: o facto de as lápides de cada campa serem representativas da vida dos que ali foram enterrados e contarem a sua história através de imagens coloridas e frases poéticas.

Esta homenagem prestada a cada habitante ali enterrado concretiza-se através de imagens esculpidas em madeira nas lápides, que reproduzem a forma como a pessoa viveu e morreu. Nada é deixado ao acaso; até mesmo as cores simbolizam algo. O fundo azul brilhante com a palavra “sapanta bleu” significa esperança e liberdade; amarelo representa a fertilidade; a cor preta indica uma morte prematura ou inesperada. As cores usadas nas figuras servem também para contar a sua história: uma representação com mais vermelho denota que a pessoa tinha paixão pela vida ou na sua vida, muito amarelo assinala que o indivíduo deixou vários descendentes.

A franqueza das frases é impressionante e podemos até mesmo caracterizá-las como “cruas”. Por exemplo, na lápide de uma menina de 2 anos morta num acidente rodoviário é possível ler: Maldito seja aquele táxi de Tibiu, que, num país tão grande, teve que vir mesmo para nossa casa para me atirar ao chão.

Ainda assim, não há nada de triste neste lugar. Reza a lenda que os romenos encaram a morte como “a passagem para um lugar melhor” daí os habitantes de Sapanta terem concebido um espaço assim para poderem descansar em paz, um lugar onde a vida e a morte são celebradas de forma igual.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...