sexta-feira, março 06, 2015

0

O trampolim olímpico de Innsbruck, Áustria




Embora não seja muito conhecido entre os mais desligados do desporto, o trampolim olímpico de Bergisel (Innsbruck, Áustria) assume uma elevada importância nessa área enquanto palco da terceira das quatro competições que compõem o anual Vierschanzentournee ou, em português, o Torneio dos Quatro Trampolins. Na verdade, é também um dos símbolos de Innsbruck mais acarinhados pelos seus habitantes, tendo-se tornado, desde a sua inauguração (já no século XXI) um dos lugares turisticamente mais visitados da região do Tirol.

Zaha Hadid, arquitecta iraquiana pertencente à corrente desconstrutivista, instaurou a discórdia ao apresentar, em 2001, uma proposta de design profundamente inovadora para o trampolim de saltos de Bergisel. É que a estrutura não é simplesmente uma rampa para os desportistas: é um café, um terraço para convívio, enfim, todo um conjunto de espaços que faz dele uma atracção turística que ultrapassa a época do ski. Não é de admirar que seja considerado o mais moderno trampolim do mundo.

O esforço de subir os 455 degraus até à torre do Bergiselschanze pode perfeitamente ser evitado recorrendo ao elevador, mas a maioria é da opinião de que vale a pena só pela vista panorâmica que esta oferece das montanhas tirolesas, no alto dos seus 47 metros.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...