quarta-feira, março 04, 2015

0

Mole Antonelliana, Turim, Itália: símbolo de uma época áurea, dedica-se hoje à 7.ª arte




No alto dos seus 167 metros, a Mole Antonelliana domina a cidade de Turim. Na altura em que foi construída (século XIX), era o edifício mais alto do mundo. Actualmente, apesar de já ter sido ultrapassada por muitos monumentos a nível mundial, continua a ser símbolo de um ideal, de uma cidade industrial e até mesmo da unidade italiana.A construção da Mole Antonelliana foi iniciada em 1863 por Alessandro Antonelli (1798-1888), um arquitecto de Novara. Inicialmente destinado a albergar uma sinagoga, o edifício foi, todavia, adquirido pelo município de Turim em 1878 (mesmo antes de a sua construção estar finalizada). Antonelli faleceu antes de fazer 90 anos e foi o seu filho, Costanzo, que deu continuidade à Mole e permitiu que esta ficasse terminada em 1889.

Nos seus primórdios, esteve ocupada pelo museu do Risorgimento, passando posteriormente a ser utilizada como edifício de exposições. Hoje, é o Museu do Cinema, projectado com o apoio do realizador britânico Peter Greenway. A estrutura é um ponto de referência para os habitantes e para qualquer visitante da cidade.

Sabia que…

… a semelhança da Mole Antonelliana com um pára-raios chega a ser irónica, já que, em 1954, a Mole foi atingida por um raio que derrubou 47 metros da sua parte superior?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...