terça-feira, outubro 04, 2016

0

As Maravilhas de Angkor VIII - Banteay Kdei

Sejamos honestos: quando comparado com a monumentalidade de Angkor Wat, os sorridentes rostos do Templo Bayon ou o estado selvagem de Ta Prohm, Banteay Kdei não parece passar de um adereço de Angkor. Mas a verdade é que este templo, cujo nome significa “cidadela das celas dos monges”, é dedicado a Buda (pensam muitos, apesar de nunca de se ter encontrado a estela de fundação), completando a trilogia de templos mandados construir pelo rei Jayavarman VII em homenagem a Prajnaparamita, Lokeshvara e Buda.

Banteay Kdei foi edificado em 1181 sobre as ruínas de um antigo templo budista do arquitecto Kavindrarimathana, tendo servido como mosteiro desde então. Embora possua um estilo muito similar ao de Ta Prohm, Banteay Kdei não goza da mesma qualidade de construção dos restantes templos do complexo de Angkor, sendo que lhe foi aplicado um arenito muito menos resistente e técnicas muito menos avançadas. Prova disso é o estado de deterioração em que actualmente se encontra, que é ainda colmatado por uma série de Budas destruídos, vítimas da vandalização do século XIII que tanto afectou as obras de Jayavarman.

Neste ambiente de ruína, o que acaba por captar a atenção do visitante são os relevos: apesar de raros, são extremamente refinados e pretendiam, muito provavelmente, tornar a sua residência o mais aprazível possível aos monges.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...