domingo, julho 20, 2014

0

A Mesquita e a Torre de Hassan, Rabat, Marrocos


Sabia que a Giralda de Sevilha, a Mesquita de Koutoubia e a Torre de Hassan foram, todas elas, construídas pela mesma pessoa? É verdade. Foram obra do califa almóada Ya'qub al-Mansur, que terminou as duas primeiras e tinha grandes planos para a Torre de Hassan, em Rabat. Segundo as previsões, este deveria ser o maior minarete do mundo e integrar a também maior mesquita do mundo, mas, infelizmente, o califa faleceu antes de alcançar o seu objectivo e o seu sucessor não se preocupou em dar continuidade à obra.

Ainda que inacabada (ou talvez por isso mesmo), a Torre de Hassan é, com os seus 44 metros de altura, um dos grandes símbolos da cidade marroquina de Rabat. A par da mesquita de que fazia parte, foi principiada em 1195, mas a sua construção foi interrompida quatro anos depois, com a morte de Ya'qub al-Mansur, e nunca mais retomada. Em 1755, um violento terramoto reduziu o que existia da Mesquita de Hassan a ruínas, mas a Torre manteve-se, apesar de alguns estragos, firme para eternizar o legado do califa.

Hoje, a Torre de Hassan continua a ser o orgulho de Rabat, erguendo-se por entre cerca de 200 colunas numa esplanada sobre o rio Bou Regreg. As vistas da torre são altamente elogiadas.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...