segunda-feira, outubro 03, 2016

0

As Maravilhas de Angkor VII - Templo de Phnom Bakheng


Uma das melhores partes da experiência angkoriana é subir o conjunto de escadas em pedra do lado oriental de Phnom Bakheng (ou, se preferir uma solução mais confortável, no dorso de um elefante pelo lado sul) até ao cume deste templo-montanha. É que, daqui, é possível desfrutar de uma vista soberba sobre Angkor, os seus templos e as suas torres, que adquirem um tom celestial e ainda mais belo com a chegada do pôr-do-sol.


Antes de entrar em ruína, Phnom Bakheng era um aglomerado de templos que se “refugiavam” num monte, a aproximadamente 67 metros de altura. Em Angkor e nas áreas circundantes, este foi um dos primeiros exemplos de um templo-montanha, uma categoria arquitectónica sagrada e de extrema importância para a cultura khmer. Foi erguido em finais do século IX, princípios do século X, a mando do imperador Yasovarman I, e era dedicado a Shiva.

O templo central de Phnom Bakheng está profusamente decorado com pilares de um trabalho imenso e estátuas de apsaras (dançarinas celestiais) e makaras (criaturas míticas marinhas). Este e os outros quatro templos estavam dantes rodeados por 109 torres, mas a maioria delas acabou por se degenerar com o passar dos séculos. Hoje, no que toca à guarda do complexo, só restam estátuas de leões que “vigiam” cada um dos seus cinco níveis.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...