sábado, maio 17, 2014

0

Porta da Índia, Deli: “fechada” à perda de mais vidas

Se a estátua do monarca Jorge V, actualmente localizada no Coronation Park, permanecesse na plataforma que lhe estava destinada sob a Porta da Índia, provavelmente teria um muito maior destaque na cena pública. É que este imponente arco, de 42 metros de altura, está incrivelmente bem situado na extremidade oriental do Caminho Real (ou Rajpath, para quem preferir o nome oficial), uma avenida com três quilómetros de extensão. E é, para além disso, o local eleito por um sem-número de indianos para os seus passeios de fim-de-semana e de serão.

Quando o britânico Lutyens a projectou, em 1921, a Porta da Índia tinha o objectivo de prestar homenagem aos soldados indianos e britânicos que morreram não só durante a Primeira Guerra Mundial, como também no âmbito das operações da fronteira noroeste e das Guerras Afegãs de 1919. Mas, hoje, aproximadamente 90 mil nomes estão gravados naquele arco, numa tentativa de recordar igualmente os soldados que sucumbiram na Segunda Guerra Mundial. Existe ainda uma chama que arde, sem cessar, pelas vítimas da Guerra Indo-Paquistanesa de 1971.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...