quinta-feira, abril 03, 2014

0

A casa-museu de Ernest Hemingway, Key West (Flórida), Estados Unidos


Muitos provavelmente não acreditariam que é possível ver a máquina de escrever em que Ernest Hemingway digitou cada palavra de Por Quem os Sinos Dobram e a cadeira em que o escritor estava sentado quando isso aconteceu. Mas é. No n.º 907 de Whitehead Street em Key West, na Flórida. Hemingway apaixonou-se por esta pequena ilha e ali viveu com a sua esposa Pauline entre 1931 e 1940, numa casa de estilo colonial espanhol que é, actualmente, o grande trunfo da cidade no que ao turismo diz respeito.


Ernest e Pauline passaram férias durante dois anos em Key West até que, em 1931, decidiram adquirir esta casa de pedra de coral no distrito histórico para se fixarem permanentemente – ou assim pensaram que seria. No estúdio sobre as cavalariças, Hemingway escreveu várias das suas mais emblemáticas obras, como Morte na Tarde, As Verdes Colinas de África, Ter e não Ter (a único que realmente se desenrola em Key West), bem como uma série de contos. Ainda hoje, o visitante tem a possibilidade de apreciar a biblioteca pessoal e diversas colecções do escritor, que em vida reuniu, por exemplo, mobiliário espanhol dos séculos XVII e XVIII e troféus de caça dos seus safaris em África e viagens pelo Oeste.
Existe até uma história engraçada sobre a piscina da propriedade, que continua a ser, tal como Hemingway a tinha idealizado, a maior da ilha. Quando o autor se afastou temporariamente de Key West para servir de correspondente na Guerra Civil Espanhola, o projecto ficou a cargo de Pauline. Ao regressar, Hemingway ficou chocado com o custo total da piscina (20 mil dólares) e afirmou que mais valia entregar o seu último tostão. E colocou, literalmente, uma moeda sobre o cimento por secar, que os visitantes encontram ainda na beira norte da piscina.

Com o divórcio de Ernest e Pauline em 1940, o escritor mudou-se para Cuba e a casa em Key West ficou ocupada por Pauline e pelos filhos de ambos. Após o falecimento da ex-esposa, em 1951, Hemingway foi em várias ocasiões de férias para Key West, permanecendo – ele e a sua quarta mulher – alojados nessa mesma residência.


Sabia que…

… pelos jardins da casa passeiam dezenas de gatos, alguns descendentes do animal de estimação do escritor, Snowball?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...