sexta-feira, março 01, 2013

0

Ait-Benhaddou, Marrocos: a cidade de terra a que se renderam os realizadores

Ait-Benhaddou, Marrocos: a cidade de terra a que se renderam os realizadores
É um fã do filme Lawrence da Arábia? Então a chegada a Ait-Benhaddou, situada na província de Ouarzazate, no sul de Marrocos, terá para si um encanto especial. Esta é uma pequena cidade de três hectares, fortificada e integralmente construída em tijolo de terra, resistindo ao tempo… e a todo o tipo de condições climatéricas. Património da Humanidade desde o ano de 1987, Ait-Benhaddou ganhava já popularidade antes disso, sendo um dos cenários escolhidos para diversos filmes que se celebrizaram a partir da década de 60.

Embora espelhem técnicas de construção muito antigas, das quais sofreram decerto influência, os edifícios que compõem Ait-Benhaddou remontam somente ao século XVII, existindo mesmo exemplares de séculos posteriores. Desde casas de dimensões modestas aos kasbahs das famílias mais ricas, que se erguem nas colinas como castelos e ostentam belas decorações geométricas nas suas torres, o visitante encontra um pouco de tudo nesta cidade, onde nem os espaços públicos foram esquecidos. Uma mesquita, uma praça, dois cemitérios (um muçulmano e outro judaico), um mercado, salas de reunião para chefes de família, currais, estábulos e até áreas para descascar frutas e legumes fazem parte das infra-estruturas de Ait-Benhaddou.

Cercada de altíssimos muros e torres com o objectivo de a defender de ataques inimigos, a cidade de Ait-Benhaddou costumava concentrar um grande número de habitantes, com os seus animais e extensas áreas de cultivo, para além de ser um vibrante ponto de passagem de caravanas vindas do norte de Marrocos. Com efeito, reflectindo sobre a posição verdadeiramente estratégica que assumia nas rotas comerciais de outrora, custa acreditar que a cidade é, hoje em dia, ocupada por uma mera meia dúzia de pessoas.

Ait-Benhaddou é um dos mais fascinantes produtos da arquitectura do sul de Marrocos, mas só nos apercebemos desse facto quando realmente pisamos o chão daquelas casas de terra.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...