quinta-feira, junho 27, 2013

0

Porto e Vale do Douro: a grande sugestão da Lonely Planet para 2013

Porto, Portugal

Vale do Douro, Portugal
A grande maioria das pessoas, quando questionada acerca do seu maior sonho, tem a resposta na ponta da língua: conhecer o mundo. Mas o que acontece muitas vezes é que essa sede de novos ambientes, novas culturas e novas sensações as faz esquecer ou simplesmente desconhecer o que as rodeia ou está à distância de uma curta viagem de automóvel. E assim se perdem locais tão ou mais belos e interessantes do que os de lá de fora.

Esta terça-feira, a Lonely Planet, líder mundial na edição de guias de viagem, elegeu o Porto e o Vale do Douro como o melhor destino europeu para 2013. E a competição era forte, porque, se repararmos, do top 10 da editora fazem também parte a cada vez mais popular Croácia, o exótico norte da Islândia e uma das Capitais Europeias da Cultura 2013, Marselha. As vantagens que um título como este traz para o sector do turismo são claras e incontestáveis, mas há mais formas de o interpretar. Podemos, por exemplo, vê-lo como um convite aos próprios portugueses.
Porto, Portugal
Segundo a Lonely Planet, longe estão os tempos em que o Porto dependia quase exclusivamente dos vinhos para se afirmar. Hoje, a oferta artística da cidade, vastíssima, é a sua maior atracção. A editora salienta as galerias de Miguel Bombarda, que, por altura das Inaugurações Simultâneas, espalham arte e música até pelas ruas, o Museu de Arte Contemporânea em Serralves e, como não podia deixar de ser, a Casa da Música. Já na gastronomia, o destaque vai para o restaurante DOP, onde Rui Paula apresenta tradicionais pratos portuenses com uma pitada de criatividade, e para o restaurante do hotel Yeatman, com estrela Michelin.

Vale do Douro, Portugal
Esta não foi, no entanto, a única nomeação a que a Invicta teve direito nos últimos tempos. Em 2012, arrecadou o primeiro lugar na lista dos 10 melhores destinos da Europa, resultado de uma votação online levada a cabo pela European Consumers Choice. São sinais de novos tempos para o turismo portuense, mas não só… Também da energia renovada de uma cidade que tem sabido aliar de forma exemplar o seu património histórico ao cosmopolitismo e à vanguarda.


Leia o artigo da Lonely Planet AQUI.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...