terça-feira, outubro 09, 2012

0

Masdar - um Oásis Sustentável

Frescura à sombra... Os edifícios de Masdar estão cobertos por alumínio de baixa inércia térmica, 
para combater temperaturas superiores a 60 graus.
No deserto do emirado árabe de Abu Dhabi, entre o aeroporto internacional, a Universidade Khalifa e um elitista clube de Golfe, ergue-se Masdar, uma cidade sustentável onde edifícios futuristas se escondem do sol em ruas estreitas.
Por agora, apenas 150 estudantes convivem com as gruas que continuarão a construir a metrópole até 2030. Nessa altura, espera-se que albergue mais de 40 mil habitantes e 1500 empresas (http://www.masdar.ae).
O seu arquiteto, Norman Foster, escolheu a orientação noroeste para evitar a exposição solar direta, e aproveitou as correntes de ar para refrigerar a cidade. A meta de Masdar é reduzir a dependência energética e abastecer-se apenas de fontes renováveis.
De momento, fá-lo graças aos painéis solares que revestem os telhados, mas, à noite, os poucos habitantes veem-se obrigados a recorrer à energia elétrica.

No futuro, a cidade contará com um sistema de poços geotérmicos que aproveitarão a temperatura das bolsas de água situadas 2500 metros abaixo do solo para gerar energia.
No entanto, o objetivo de Masdar é muito mais ambicioso. Não se trata de uma simples cidade residencial: aspira a ser a sede da investigação e das empresas dedicadas às energias limpas, o Silicon Valley das renováveis. Para já, o seu Instituto de Ciência e Tecnologia , cofundado pelo Massachusetts Institute of Technologie, atraiu investigadores de todo o mundo e o capital de empresas tão importantes do sector como a Siemens.
Fonte: SuperInteressante, nº174, Outubro 2012.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...